Sofreu uma violência? Quer saber sobre seus direitos? Ligue 180 e fale com a Central de Atendimento à Mulher. 

Emergência? Ligue 190 para chamar a polícia (SP).

Precisa desabafar agora e não tem com quem conversar? Ligue gratuitamente para 188 para conversar de forma anônima com uma pessoa voluntária do Centro de Valorização da Vida. O serviço funciona 24hrs e pode ser acessado pela internet clicando aqui.

Confira a seguir outros tipos de atendimentos:

(clique para expandir)

Qualquer mulher vítima de violência no país tem assistência jurídica gratuita garantida. Para tanto basta acessar os serviços da Defensoria Pública. Este direito está previsto no artigo 28 da Lei Maria da Penha, o qual obriga todas as unidades da Defensoria Pública do território nacional a contar com uma frente de trabalho voltada para o atendimento de mulheres.

No Estado de São Paulo a Defensoria Pública conta com o Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres (NUDEM). O núcleo atua em prol da efetivação do princípio da igualdade de gênero e de políticas públicas que combatam discriminações sofridas por mulheres. Para além de atender mulheres vítimas de violência doméstica e sexual, também atua na defesa dos direitos sexuais e reprodutivos, como interrupção voluntária da gravidez, violência obstétrica, livre exercícios da maternidade, entre outros.

Para ser atendida basta entrar em contato pelo telefone 0800-773-4340, de segunda a sexta, das 7hs às 19hs, ou clique aqui para fazer o contato online.

Outra possibilidade é procurar por assistência jurídica especializada em violências contra mulheres junto à Rede Feminista de Juristas no Facebook ou no Instagram.

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é a porta de entrada para a Rede Socioassistencial, funcionando como uma unidade básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). É responsável por executar os serviços, programas e projetos sociais desenvolvidos pelos Governos Federal, Estadual e Municipal. Instalado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade, o CRAS é um local público estatal de base territorial. O objetivo do equipamento é prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e risco social nos territórios por meio do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, além da ampliação e garantia do acesso aos direitos de cidadania.

Para encontrar o CRAS mais próximo da sua residência, ligue 156 ou clique aqui para saber mais.

Na cidade de São Paulo existem 54 Centros de Referência de Assistência Social (redecras@prefeitura.sp.gov.br) onde as famílias podem ser encaminhadas para os mais de 790 Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Rede Socioassistencial da cidade, que visam garantir a oferta de espaços de convivência e socialização para famílias e indivíduos. O espaço recebe famílias que começam a ser acompanhadas pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, de forma particularizada ou coletiva.

 

Funcionamento:  Segunda à sexta-feira, das 08 às 18 horas.

 

CENTRO

CRAS SÉ – Avenida Tiradentes, 749 – Telefones: 3313-1014 / 3396-3500

 

ZONA NORTE

CRAS ANHANGUERA – Rua Piero Tricca, 27 – Telefone: 3911-3906

CRAS CACHOEIRINHA – Av. Imirim, 4328 – Telefone: 3983-2983

CRAS CASA VERDE – Av. Engenheiro Caetano Álvares, 3054 – Telefone: 2236-4643 /  2236-5518

CRAS FREGUESIA DO Ó – Av. Itaberaba, 924 – Telefone: 3572-2266/ 3572-2267

CRAS JAÇANÃ – Av. Guapira, 2145 – Telefone: 2242-4047

CRAS JARAGUÁ – Rua Barra da Forquilha, 300 – Telefone: 3942-4860

CRAS PERUS – Rua Padre Manuel Campello, 40 – Tel.: 3917-0795

CRAS PIRITUBA – Rua Guerino Giovani Leardini, 290 – Telefone: 2183-1072 / 2183-1066

CRAS SANTANA – Rua Voluntários da Pátria, 4649 – Telefone: 4571-0699 / 4571-0698

CRAS TREMEMBÉ – Avenida Mário Pernambuco, 43 – Telefone: 2261-2365

CRAS VILA MARIA – Praça Santo Eduardo, 162 – Telefone: 2207-4132

CRAS VILA MEDEIROS – Avenida Gustavo Adolfo, 2202 – Telefone: 2209-0098 / 2939-1856

CRAS BRASILÂNDIA I – Rua Barão de Santo Angelo, 147 – Telefone: 3921-3877

CRAS BRASILÂNDIA II – Avenida Itaberaba, 3666 – Telefone: 3983-3063

CRAS BRASILÂNDIA III – Rua Ibiraiaras, 372 – Telefone: 3983-1913

 

ZONA SUL

CRAS CAMPO LIMPO – Rua Batista Crespo, 312 – Telefone: 5841-4776

CRAS CAPÃO REDONDO – Rua Roberto Sampaio Ferreira, 233 – Telefone: 5510-0108 / 5823-3813

CRAS CAPELA DO SOCORRO – Avenida Interlagos, 5980 – Telefone: 4571-0173

CRAS GRAJAÚ – Rua Ezequiel Lopes Cardoso, 333 – Telefones: 5924-5802 / 5924-5718

CRAS CIDADE ADEMAR – Avenida Cupecê, 2278 – Telefone: 2313-5353 / 2313-5357

CRAS CIDADE ADEMAR II – Avenida Cupecê, 5699 – Telefone: 5622-4871

CRAS M’BOI MIRIM – Rua Manuel Vieira Sarmento, 26 – Telefone: 2363-9686

CRAS PARELHEIROS – Rua Pedro Klein do Nascimento, 100 – Telefone: 5920-4162 / 5920-4163

CRAS SANTO AMARO – Rua Padre José de Anchieta, 802 – Telefone: 5524-4000

CRAS PEDREIRA – Estrada Alvarenga, 3657 – Telefone: 2313-5357

CRAS MARSILAC – Rua Henrique Silva, 68 – Telefone: 5975-2816

CRAS VILA ANDRADE I – Rua General João Pereira de Oliveira, 26 – Telefone: 3742-3850 / 3742-3603

CRAS IPIRANGA – Rua Taquarichim, 290 – Telefone: 2383-4519 / 2383-4515

CRAS JABAQUARA – Rua dos Jornalistas, 48 – Telefone: 2383-4745

CRAS VILA MARIANA – Rua Madre Cabrini, 99 – Telefone: 5084-2908

CRAS JARDIM SÃO LUIZ – Rua José Manoel Camisa Nova, 100 – Telefone: 5514-5369 (ramal 207)

CRAS JARDIM ÂNGELA – Rua Luiz Baldinato, 150 – Telefone: 5833-4012

 

ZONA LESTE

CRAS ARICANDUVA – Rua São Constâncio, 457 – Telefone: 2076-1050

CRAS MOOCA – Rua Henrique Sertório, 175 – Telefone: 2383-4539

CRAS PENHA – Rua Rodovalho Junior, 676 – Telefone: 2641-4536

CRAS SAPOPEMBA – Rua Benedito Jacinto Mendes, 54 – Telefone: 2143-1043

CRAS VILA PRUDENTE  – Praça Padre Damião, 102 – Telefones: 4571-0803 / 4571-0804

CRAS CIDADE TIRADENTES – Avenida Nascer do Sol, 529 – Telefones: 2363-9884 / 2363-9885

CRAS ERMELINO MATARAZZO – Avenida Paranaguá, 1492 – Telefone: 2545-2866

CRAS GUAIANASES – Rua Clarínia, 19 – Telefone: 2363-9593

CRAS ITAIM PAULISTA I – Estrada Dom João Nery, 54/58 – Telefone: 2568-3102 / 2025-6859

CRAS ITAIM PAULISTA II – Rua Daniel Muller, 347 – Telefones: 2563-6256 / 2563-6218

CRAS ITAQUERA – Rua Fontoura Xavier, 695 – Telefone: 2588-8393 / 2588-8394

CRAS SÃO MATEUS – Rua Elísio Ferreira, 519 – Telefone: 2363-9546

CRAS SÃO MIGUEL PAULISTA – Rua Doutor José Guilherme Eiras, 182 – Telefone: 2058-1219

CRAS LAJEADO – Rua Cruz do Espírito Santo, 1142 C – Telefone: 2552-8541 / 2552-8590

CRAS CIDADE LÍDER – Avenida Maria Luiza Americano, 2681 – Telefone: 2746-0935

CRAS IGUATEMI – Rua Jorge Barros, 88 – Telefone: 2734-5568

CRAS VILA CURUÇA – Avenida Coca, 341 – Telefone: 2035-5133

CRAS ARTHUR ALVIM – Rua Henrique Jacobs, 788 – Telefone: 2217-6151

 

ZONA OESTE

CRAS PINHEIROS – Rua Mourato Coelho, 104/106 – Telefone: 3061-5936 / 3061-5430

CRAS BUTANTÃ – Avenida Junta Mizumoto, 591/591A – Telefone: 3742-7550

CRAS LAPA – Rua Caio Graco, 421/423 – Telefone: 3672-5994

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) oferece serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos que vivenciam situações diversas de violação de direitos. Como unidade de referência, tem o intuito de estruturar uma rede efetiva de proteção especial, e para isso conta com o apoio do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Conselhos Tutelares e outras Organizações de Defesa de Direitos.

O CREAS oferece acompanhamento técnico especializado desenvolvido por uma equipe multiprofissional, de modo a aumentar a capacidade de proteção da família e favorecer a reparação da situação de violência vivida. A equipe técnica deve ter acesso aos prontuários e relatórios dos casos atendidos, garantindo o comando e gestão do Estado.

 

Usuários: Famílias e indivíduos que vivenciam violação de direitos, dentre eles a violência física, psicológica, sexual, situação de rua, cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto, etc.

Formas de Acesso ao Serviço: Por identificação e encaminhamento do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), dos serviços de proteção e vigilância social, por encaminhamento de outros serviços socioassistenciais das demais políticas públicas do setor, demais órgãos do Sistema de Garantia de Direitos e demanda espontânea (por vontade própria).

Funcionamento: De segunda à sexta-feira, das 08 às 18h.

 

CENTRO

SÉ – Rua Bandeirantes, 55 – Telefones: 2383-4480 / 3311-0920 / 3396-3500

 

NORTE

VILA MARIA – Rua Soldado José Antônio Moreira, 546 – Telefones: 2201-5807 / 2949-6495

SANTANA – Endereço: Rua Voluntários da Pátria, 4649 – Telefones: 4571-0687 / 4571-0694

TREMEMBÉ – Avenida Mário Pernambuco, 45 – Telefones: 2261-1314 / 2203-1443

CASA VERDE – Rua Crisolia, 53 – Telefones: 3856-9463

FREGUESIA DO Ó – Rua Parapuã, 160 – Telefones: 3978-2984 / 3977- 8925 / 5413-6419

PIRITUBA – Rua Comendador Feiz Zarzur, 15 A – Telefones: 3972-4171 / 3972-2855

PERUS – Rua Gonçalves de Andrade, 369 – Telefones: 3917-6380 / 3911-5211 / 3918-5410 / 3918-5008

 

SUL

JABAQUARA – Rua dos Jornalistas, 48 – Telefones: 5012-8129 / 2383-4733 / 2383-4731

IPIRANGA – Rua Taquarichim, 290 – Telefones: 2383-4528 / 2383-4529 / 2383 4527

VILA MARIANA – Rua Madre Cabrini, 99 – Telefones: 5083-4632

CIDADE ADEMAR – Rua Ranulfo Prata, 289 – Telefones: 5677-0341 / 5562-2874

CAMPO LIMPO – Rua Landolfo de Andrade, 200 – Telefones: 5814-7483

CAPELA DO SOCORRO – Av. Senador Teotônio Vilela, 2394 – Telefones: 5666-8940 / 5666-8494

SANTO AMARO – Rua Padre José de Anchieta, 802 – Telefones: 5524-1305

M’BOI MIRIM – Rua Miguel Luiz Figueira, 16 – Telefones: 5891-3483 / 5891-3632

 

LESTE

SAPOPEMBA – Avenida Francisco Vieira Bueno, 371 – Telefones: 2717-5239

VILA PRUDENTE – Avenida Paes de Barros, 3345 – Telefones: 2219-2049 / 2219-1760

MOOCA – Rua Síria, 300 – Telefones: 2225-1302 / 2092-2112

PENHA – Rua Antonio Taborda, 37 – Telefones: 2023-0770 / 2023-0771

ARICANDUVA – Rua São Constâncio, 457 – Telefones: 2268-1793 / 3246-8310 / 3246-8312

ITAIM PAULISTA – Rua Celso Barbosa de Lima, 501/503 – Telefones: 2156-3814 / 2569-2797 / 2569-2802

SÃO MATEUS – Rua Ângelo de Cândia, 964 – Telefones: 2012-6406 / 2012-5987 / 2012-6092

GUAIANASES – Rua Nabuco de Abreu, 06 – Telefones: 2554-7115

ITAQUERA – Av. Maria Luiza Americano, 1877 – Telefones: 2745-5900

CIDADE TIRADENTES – Avenida Nascer do Sol, 529 – Telefones: 2363-9876 / 2363-9886

ERMELINO MATARAZZO – Av. Boturussu, 1626 – Telefones: 2541-7882

SÃO MIGUEL PAULISTA – Rua José Pereira Cardoso, 183 – Telefones: 2031-4459 / 2031 -5859

 

OESTE

PINHEIROS – Rua Mourato Coelho, 104/106 – Telefones: 3063-0807 / 2821-4970

BUTANTÃ – Ministro Laudo Ferreira de Camargo, 230 – Telefones: 3743-2734

Os Centros de Defesa e Convivência da Mulher (CDCM), com intuito de auxiliar no fortalecimento pessoal e social das mulheres que sofrem violências e estão em situação de vulnerabilidade social, oferecem serviços de atendimento social, orientação psicológica e encaminhamento jurídico. O município de São Paulo conta com 15 unidades, que possuem capacidade de atendimento para 1.500 mulheres:  

 

CDCM BUTANTÃ

Avenida Ministro Laudo de Ferreira Camargo, 320 – Jardim Peri Peri – Fone: (11) 3507-5856

 

CDCM CASA ANASTÁCIA

Areia da Ampulheta, 101 – Castro Alves – Cidade Tiradentes – Fone: (11) 2282-4706

 

CDCM CASA CIDINHA KOPCAK

Rua Margarida Cardoso dos Santos, 500 – São Mateus – Fone: (11) 2015-4195

 

CDCM CASA DA MULHER CRÊ-SER

Rua Salvador Rodrigues Negrão, 351 – Vila Marari- Cidade Ademar – Fone: (11) 3539-8130

 

CDCM CASA DE ISABEL – PROJETO NANA SERAFIM

Rua Professor Zeferino Ferraz, 396 – Itaim Paulista – Fone: (11) 2156-3477

 

CDCM MARGARIDA MARIA ALVES

Rua Sabbado d’Angelo, 2085, 2º andar – Itaquera – Fone: (11) 2524-7324

 

CDCM HEKENA VITORIA FERNANDES

Rua Coronel Carlos Dourado, 07- Vila Marilena – Guaianases – Fone: (11) 2557-5646

 

CDCM CASA SOFIA

Rua Dr. Luiz Fernando Ferreira, 06 – Jardim Dionísio – M’Boi Mirim – Fone: 0800-7703053 / (11) 5831-3053

 

CDCM CASA VIVIANE DOS SANTOS

Rua Cabo José Teixeira, 87 – Vila Yolanda – Lajeado – Fone: (11) 2553-2424

 

CDCM CASA ZIZI

Rua Teotônio de Oliveira, 101 – Vila Ema (Travessa da Av. Vila Ema) – Fone: (11) 2216-7346

 

CDCM ESPAÇO FRANCISCA FRANCO

Rua Conselheiro Ramalho, 93 – Liberdade – Fone: (11) 3106-1013

 

CDCM MARIÁS

Rua Soldado José Antônio Moreira, 546 – Parque Novo Mundo – Fone: (11) 3294-0066

 

CDCM MULHERES VIVAS

Rua Martinho Vaz de Barros, 257 – Vila Pirajussara – Campo Limpo – Fone: (11) 4561-5470 / 2528-6098

 

CDCM CISM I CENTRO DE INTEGRAÇÃO SOCIAL DA MULHER I

Rua do Fico, 234 – Ipiranga – Fone: (11) 2272-0423

 

CDCM CISM II CENTRO DE INTEGRAÇÃO SOCIAL DA MULHER II

Rua Ferreira de Almeida, 23 – Jardim das Laranjeiras – Casa Verde – Fone: (11) 3858-8279

Existem equipamentos públicos que atuam como portas de entrada no atendimento de mulheres vítimas de violência a reúnem no mesmo local todos os serviços necessários para o acolhimento humanizado: atendimento psicológico, social e jurídico e encaminhamento de denúncias, são as Casas da Mulher Brasileira, os Centros de Referência a Mulheres em Situação de Violência (CRMs).

Confira abaixo seus endereços, telefones e horários de funcionamento na cidade de São Paulo:

 

Casa da Mulher Brasileira

Rua Viêira Ravasco, 26 – Cambuci – (11) 3275-8000 | Aberto 24 horas

 

Casa Eliane de Grammont

Rua Dr. Bacelar, 20 – Vila Clementino – (11) 5549-9339 / 5549-0335 | Horário Comercial

 

Casa Brasilândia 

Rua Sílvio Bueno Peruche, 538 – Brasilândia – (11) 3983-4294 / 3984-9816 | Horário Comercial

 

CRM 25 de Março

Rua Líbero Badaró, 137 – 4º andar – Centro – (11) 3106-1100 | Horário Comercial

 

CRM Maria de Lourdes Rodrigues 

Rua Luiz Fonseca Galvão, 145 – Capão Redondo – (11) 5524-4782 | Horário Comercial

Atendimento Psicológico

Qualquer pessoa pode receber atendimento psicológico gratuito oferecido pelo SUS. Basta comparecer à Unidade Básica de Saúde mais próxima ou Centro de Atenção Psicossocial (CAPs) com seu cartão SUS e passar por uma triagem. Para fazer o cartão SUS dirija-se até um Estabelecimento de Saúde ou Posto de Saúde mais próximo com RG, CPF, certidão de nascimento e comprovante de endereço em mãos ou então acesse o portal do cidadão para fazer o pedido pela internet.

Vítimas de violência

A Lei nº 13.239/2015 prevê que a mulher que foi vítima de atos de violência tem direito de realizar no SUS, ou seja, gratuitamente, cirurgia plástica reparadora das sequelas e lesões sofridas.

Os atos de violência não precisam ter sido praticados no âmbito doméstico. Assim, se uma mulher for vítima de roubo ou de estupro e, em razão de atos de violência sofridos, ficar com sequelas, poderá exigir, gratuitamente, a realização da cirurgia plástica reparadora em unidades de saúde próprias do SUS (hospitais públicos) ou em hospitais privados que sejam contratados ou conveniados pelo SUS. Para tanto, basta portar o registro oficial de ocorrência da agressão.

O responsável pelo hospital ou centro de saúde que deixar de informar à mulher acerca desse direito estará sujeito a gravíssimas penalidades, a serem aplicadas cumulativamente:

I – multa no valor do décuplo (10x) de sua remuneração mensal;
II – perda da função pública;
III – proibição de contratar com o poder público e de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de quatro anos.

Vítimas de violência sexual

Mulheres que foram vítimas de violência sexual devem procurar o mais rápido possível um serviço de saúde especializado para receber a profilaxia das Infecções Sexualmente Transmissíveis e HIV, bem como a contracepção de emergência.
Além disso, também é preciso realizar o exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal para colher possíveis provas da violência sofrida (as roupas são provas importantes!).
A denúncia da violência sexual e o Boletim de Ocorrência NÃO são obrigatórios para atendimento médico e interrupção da gravidez.

É muito importante obter um prontuário médico que poderá ser utilizado como prova do ocorrido. Caso queira denunciar leve tudo o que tiver na delegacia: e-mails, mensagens, fotos, qualquer prova que mostre que houve violência. Se houver ferimentos, é importante tirar fotos.

Em caso de gravidez fruto de estupro, a interrupção da gestação é admitida pela Lei Brasileira e o SUS disponibiliza acompanhamento clínico, psicológico e social antes e depois da interrupção da gravidez.

Na cidade de São Paulo é possível realizar atendimento especializado nos seguintes locais:

 

Hospital Estadual Pérola Byington
Av. Brigadeiro Luís Antônio, 683 – Bela Vista – (11) 3248-8000 / 3292-9000

 

Casa de Saúde da Mulher Professor Domingos Delascio
Rua Borges Lagoa, 418 – Vila Mariana – (11) 5084-4997

 

Hospital Municipal Dr. Mario de Moraes Altenderfelder Silva (Hospital Vila Nova Cachoeirinha)
Av. Dep. Emílio Carlos, 3100 – Limão – (11) 3986-1128 / 3986 – 1159

 

Hospital Municipal Carminho Carichio (Hospital Tatuapé)
Av. Celso Garcia, 4815 – Tatuapé – (11) 3394-6980

Centro de Acolhida Especial para Mulheres em Situação de Violência (CAE)

O serviço público mantém centros de acolhimento sigilosos, destinados a mulheres, acompanhadas ou não de seus filhos, em situação de risco de morte ou ameaças em razão da violência doméstica e familiar ou que sofreram algum tipo de violência física, sexual, psicológica e/ou moral.

Por ser um serviço sigiloso e de garantia de segurança da mulher, os endereços não são publicados. Quem precisar de atendimento deve procurar os Centros de Referência Especializado de Assistência Social e os Centros de Defesa e de Convivência da Mulher

No município de São Paulo existem 5 centros que oferecem cerca de cem vagas. Além disso, existem outras organizações que também oferecem vagas, confira:

A Casa AbrigoElenira Rezende de Souza Nazareth é um serviço de alojamento temporário, de endereço sigiloso, que oferece proteção e atendimento integral às mulheres em situação de violência doméstica e familiar de gênero, que estejam em risco iminente de morte, acompanhadas ou não de suas/ seus filhas/os com idade abaixo de 18 anos. O objetivo é garantir a integridade física e psicológica, além de apoiar a vítima para que ela reestruture sua vida. A Casa Abrigo funciona sete dias por semana, 24 horas por dia.

A Casa de Acolhimento Provisório de Curta Duração – Rosangela Rigo (Casa de Passagem) recebe mulheres e suas/ seus filhas/os com idade abaixo de 18 anos, para encaminhamento aos serviços especializados (CRMs, CDCM e CREAS), considerando a avaliação de risco norteada pela Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e a capacidade instalada da casa, com a perspectiva de garantir segurança e integridade à saúde, além de oferecer apoio psicológico e social. A Casa de Acolhimento funciona sete dias por semana, 24 horas por dia.

Os Centros de Cidadania da Mulher (CCMs) estão localizados na cidade de São Paulo e oferecem atividades diversas como cursos de capacitação profissional e orientação sobre direitos das mulheres. Para além de participar das atividades oferecidas, é possível se informar, propor e participar de ações e projetos que estimulem a implementação de políticas e serviços públicos voltados para a promoção da igualdade e diversidade. Alguns CCMs também dispõem de atendimento realizado pela Defensoria Pública para orientação jurídica e ingresso de ações cíveis e criminais.

Os espaços são mantidos pela Prefeitura com apoio do Ministério Público e estão abertos de segunda à sexta-feita em horário comercial, confira: 

 

CCM Capela do Socorro

Rua Professor Oscar Barreto Filho, 350 – Grajaú – (11) 5927-3102 / 5929-9334

 

CCM Itaquera 

Rua Ibiajara, 495 – Itaquera – (11) 2073-5706 / 2073-4863

 

CCM Parelheiros

Rua Terezinha do Prado Oliveira, 119 – Parelheiros – (11) 5921-3935 / 5921-3665

 

CCM Perus

Rua Joaquim Antônio Arruda, 74 – Perus – (11) 3917-7890 / 3917-5955

 

CCM Santo Amaro

Praça Salim Farah Maluf, s/n – (11) 5521-6626

Qualquer delegacia pode realizar o atendimento de mulheres vítimas de violência, porém, caso seja possível, recomenda-se que o atendimento seja realizado nas Delegacias de Defesa da Mulher (DDMs).

Estas delegacias são especializadas no atendimento de violências cometidas contra mulheres e entre suas atribuições estão o registro de ocorrências, a investigação e a apuração de crimes, além da solicitação das medidas protetivas previstas na lei Maria da Penha. São também responsáveis por encaminhar o inquérito policial ao juiz e solicitam laudos ao IML (Instituto Médico Legal).

Confira abaixo os endereços, telefones e horários de atendimento das DDMs no Estado de São Paulo:

 

1º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Centro
Rua Vieira Ravasco, 26, Cambuci – (11) 3275-8000
Funciona 24 horas

 

2º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Sul
Avenida Onze de Junho, 89, fundos, Vila Clementino – (11) 5084-2579 / (11) 5081-5204
Funciona 24 horas

 

3º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Oeste
Avenida Corifeu de Azevedo Marques, 4300, 2º andar, Vila Lageado – (11) 3768-4664
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

4º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Norte
Avenida Itaberaba, 731, 1º andar, Freguesia do Ó – (11) 3976-2908
Funciona 24 horas

 

5º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Leste
Rua Dr. Coryntho Baldoíno Costa, 400 – Parque São Jorge – (11) 2293-3816 / (11) 2941-9770
Funciona 24 horas

 

6º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Sul
Rua Padre José de Anchieta, 138, Santo Amaro – (11) 5687-4004
Funciona 24 horas

 

7º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Leste
Rua Sábbado D’Angelo, 64-A, Itaquera – (11) 2071-3488 / (11) 2071-4707 
Funciona 24 horas

 

8º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Leste
Avenida Osvaldo Valle Cordeiro, 190, Jardim Marília – (11) 2742-1701
Funciona 24 horas

 

9º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Oeste
Avenida Menotti Laudisio, 286, Pirituba – (11) 3974-8890
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

INTERIOR

 

Adamantina – Al. Santa Cruz, 1171, Vila Joaquina – (18) 3521-3444
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Americana – Rua Argentina 242, Jardim Girassol – (19) 3462-1079
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Andradina – Rua José Augusto de Carvalho, 1653, Centro – (18) 3722-1136 / (18) 3722-8696
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Araçatuba – Rua José Pedro de Santos, 584, Higienópolis – (18) 3622-3064, ramal 212-218
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h (OBS: há plantão 24h na cidade que cobre o serviço)

 

Araraquara – Avenida Circular Doutor Gastão Vidigal, 357, Jardim Primavera – (16) 3336-4458
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Araras – Rua Tiradentes, 904, Centro – (19) 3542-1054
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Assis – Av. Otto Ribeiro, 700, Jardim Europa – (18) 3209-1000
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Avaré – Rua Sérgio Bernardino, 1069, Centro – (14) 3732-0066 / (14) 3733-3280
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Barretos – Avenida Vinte e Sete, 639, Centro – (17) 3323-9996 / (17) 3322-8327
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Barueri – Av. Pastor Sebastião Davino Dos Reis, 756 Jardim Barueri – (11) 4198-0522
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Bastos – Rua Dezoito De Junho, 100, fundos, Centro – (14) 3478-2233
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Batatais – Rua Goiás, 190 – casa 2, Riachuelo – (16) 3662-8155
Segunda à sexta-feira, 07h – 18h (OBS: há plantão 24h na cidade que cobre o serviço)

 

Bauru – Av. Rodrigues Alves, 2323 – Vila Cardia – (14) 3235-6500
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Bebedouro – Rua Vanor Junqueira Franco, 999, Centro – (17) 3342-6863
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h

 

Birigui – Rua Nicolau da Silva Nunes, 291, Silvares – (18) 3642-1996
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Botucatu – Rua Gustavo Teixeira Assunção, 159, Jardim Dona Nicota – (14) 3814-2636
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Bragança Paulista – Av. dos Imigrantes, 02, Taboão – (11) 4033-2700
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Campinas (1a DDM) – Rua Dr. Antonio Carlos Sales Jr., 310, Jardim Proença 1 – (19) 3242-7762 / (19) 3242-5003
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Campinas (2a DDM) – Rua Ferdinando Panattoni, 590, Jardim Pauliceia 1 – (19) 3227-0080 / (19) 3229-1894
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Capão Bonito – Avenida Shizue Titae Yao, 214 – Vila Santa Rosa – (15) 3542-3996
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Capivari – Rua Saldanha Marinho, 189, Centro – (19) 3491-4181 / (19) 3491-2563
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Caraguatatuba – Av. Maranhão, 341, fundos, Jardim Primavera – (12) 3882-3242 / (12) 3883 2585
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Carapicuíba – Avenida Rui Barbosa, 1582 – Vila Caldas – (11) 4167-2649 / (11) 4187-7183
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Casa Branca – Rua Sete de Setembro, 76, Centro – (19) 3671-6834 / (19) 3671-1005
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h30

 

Catanduva – Rua Belo Horizonte, 297, Centro – (17) 3523-2279
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Cotia – Rua Turmalina, 99, Jardim Nomura – (11) 4616-9098 / (11) 4614-2831
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Cruzeiro – Avenida Dep. Nesralla Rubez, nº 993, Centro – (12) 3143-1844 / (12) 3144-9698
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Cubatão – Avenida Brasil, 384, Jardim Casqueiro – (13) 3364-3885 / (13) 3363-2141
Segunda à sexta-feira, 09h – 19h

 

Diadema – Rua Santa Rita de Cássia, 42, Centro – (11) 4044-9224
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Dracena – Rua Thomé de Souza, 501, Centro – (18) 3821-4240 / (18) 3822-7110
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Embu – Rua Belo Horizonte, 289, Centro – (11) 4781-1431 / (11) 4241-6674
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Espírito Santo do Pinhal – Praça Bento Bueno, s/n, Centro – (19) 3651-1500
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h30

 

Fernandópolis – Rua Maria Batista, 189 – Jardim Santa Rita – (17) 3442-2634
Segunda à sexta-feira, 07h – 18h30

 

Franca – Av. Dr. Hélio Palermo, 3612, Vila Guilherme – (16) 3722-9000 / (16) 3724-2649
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Francisco Morato – Rua Vinte e Um de Março, 200, Centro – (11) 4488-7300 / (11) 4881-3366
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Garça – Praça José Antônio de Carvalho, 70, Centro – (14) 3471-0155 / (14) 3406-1021
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Guaíra – Rua Vinte e seis – entre as avenidas 19 e 21, s/n, Centro – (17) 3331-7500 / ( 17) 3331-7945
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Guaratinguetá – Rua Rangel Pestana, 195, Centro – (12) 3122-4211
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Guarujá – Avenida Puglisi, 656, Centro – (13) 3355-4468
Segunda à sexta-feira, 09h – 19h

 

Guarulhos – Rua Itaverava, 48 – Vila dos Camargos – (11) 2485-8524 / (11) 2459-1019
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Ibitinga – Rua Bom Jesus, 986 Centro – (16) 3342-2223
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Ilha Solteira – Rua Passeio Cuiabá, 500, Zona Sul – (18) 3742-4922
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Indaiatuba – Rua Ademar De Barros, 125, 1° Andar, Centro – (19) 3834-2770
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Itapetininga – Rua Higino Rolim Rosa, 81 Vila Rosa – (15) 3271-0120 / (15) 3275-3792
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Itapeva – Rua Epitácio Piedade, 270, Vila Ofélia – (15) 3522-1042
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Itapevi – Av. Presidente Vargas, 350, Nova Itapevi – (11) 4205-1821 / (11) 4142-2125
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Itapira – Rua Duque de Caxias, 673, Centro – (19) 3813-2122
Segunda à sexta-feira, 08h – 17h30

 

Itápolis – Avenida Duque de Caxias, 1384, Centro – (16) 3262-7852
Segunda à sexta-feira, 09h – 11h30 / 13h – 18h30

 

Itatiba – Rua Benedito Da Silveira Franco, 156, Vila Lanfranchi – (11) 4538-4010
Segunda à sexta-feira, 09h – 17h

 

Itú – Av. Goiás, 204, Brasil – (11) 4850-9399
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Jaboticabal – Av. Marechal Deodoro, 453, Centro – (16) 3203-2380 / (16) 3202-6311
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Jacareí – Rua Professor Job Aires Dias, 201, Centro – (12) 3951-5614
Segunda à sexta-feira, 09h – 19h

 

Jales – Av. João Amadeu, 2245 Centro – (17) 3632-9297 / (17) 3632-9000 (ramal 226)
Funciona 24 horas (Obs: dentro da Central da Polícia Judiciária)

 

Jaú – Alameda América, 90, Chácara Canhos – (14) 3626-6768 (ramal 5)
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

José Bonifácio – Rua Domingos Fernandes Alonso, 551, Centro – (17) 3245-5375 / (17) 3245-2928 / (17) 3245-1151
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Jundiaí – Av. Nove De Julho, 3.600, 1° andar, Jardim Paulista – (11) 4521-2024 / (11) 4521-7303
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Leme – Rua Coronel João Franco Mourão, 188, Centro – (19) 3555-1564 / (19) 3571-3009
Funciona 24 horas (Cartório: 08h30 – 18h)

 

Limeira – Rua Presidente Humberto Alencar Castelo Branco, 389, Jardim Mercedes – (19) 3451-2589 / (19) 3445-3001
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h

 

Lins – Rua Floriano Peixoto, 1870, Centro – (14) 3533-3380
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Lorena – Rua Aldo Hermínio Zanin, 69, Centro – (12) 3157-4200
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Marília – Rua Dr. Joaquim de Abreu Sampaio Vidal, 48, 1o andar – (14) 3433-1133
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h (OBS: o atendimento preliminar é feito no plantão – andar térreo)

 

Matão – Rua Affonso Maccagnan, 630, Centro – (16) 3382-5823
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h30

 

Mauá – Rua Campos Sales, 160, Vila Bocaina – (11) 4514-1595
Segunda à sexta-feira, 09h – 19h

 

Mirassol – Rua Benjamin Constant, 2405, Centro – (17) 3253-4404 (PABX) / (17) 3242-3030
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Mogi das Cruzes – Av. Antônio Nascimento da Costa, 21, Parque Monte Líbano – (11) 4726-5917 / (11) 4726-3528
Segunda à sexta-feira, 09h – 17h30

 

Mogi Guaçu – Avenida Nove de Abril, 842, Centro – (19) 3891-3131
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Mogi Mirim – Av. Doutor Jorge Tibiriçá, 342, Centro – (19) 3806-2445
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Mongaguá – Avenida Monteiro Lobato, 4654, Vila Atlântica – (13) 3507-1708
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Monte Alto – Rua Gustavo de Godoy, 426, Centro – (16) 3242-4813 / (16) 3243-2954
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h

 

Monte Aprazível – Rua Dom Pedro I, 475 Centro – (17) 3275-2464 / (17) 3275-2464
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Olímpia – Rua David De Oliveira, 353, Centro – (17) 3281-6344 / (17) 3281-5849
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Osasco – Rua Dr. Eloy Candido Lopes, 302, Jardim Agú – (11) 3682-4485
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Osvaldo Cruz – Rua Hans Klotz, 1452 – Vila Cavaru – (18) 3528-3641
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Ourinhos – Rua Aristides Lau Sampaio, 159 Jardim Paulista – (14) 3322-3212 / (14) 3322-5343
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Paraguaçu Paulista – Rua Caramuru, 329, Centro – (18) 3361-7254
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Penápolis – Av. Manoel Bento Da Cruz, 223, Centro – (18) 3652-1951
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Pereira Barreto – Rua Francisca Senhorinha Carneiro, 1456, Centro – (18) 3704-5288
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Peruíbe – Rua Ministro Genésio de Almeida Moura, 76, Centro – (13) 3455-5496
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Pindamonhangaba – Av. Manoel Teixeira De Souza, 701 Laerte Assunção – (12) 3641-2021
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Piracicaba – Rua Alferes José Caetano, 1018 Centro – (19) 3433-7022 / (19) 3433-5878
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Pirassununga – Rua Quinze De Novembro, 2448 – Centro – (19) 3562-8556 / (19) 3561-1799
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h

 

Praia Grande – Av. Dr. Roberto de Almeida Vinhas, 11034, fundos, Vila Tupi – (13) 3471-4044
Segunda à sexta-feira, 08h – 19h

 

Presidente Epitácio – Rua João Pepino, 269, Centro – (18) 3251-1421
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Presidente Prudente – Rua José Dias Cintra, 149, Centro – (18) 3908-7660
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Presidente Venceslau – Av. Dom Pedro II, 741, Centro – (18) 3272-1997
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Rancharia – Rua Ádamo Passianoto, 180, Jardim Primavera – (18) 3265-6223
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Registro – Av. Clara Gianotti de Souza, 1051, Centro – (13) 3822-2022 / (13) 3822-4240
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Ribeirão Preto – Av. Costabile Romano, 3230, Nova Ribeirânia – (16) 3610-4499 / (16) 3625-3386 / (16) 3625-3368
Segunda à sexta-feira, 08h – 17h

 

Rio Claro – Av. Vinte e três, 1300, Estádio – (19) 3533-9009
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h

 

Salto – Rua Rodrigues Alves, 617, Centro – (11) 4029-2533 (ramal 5)
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Santa Bárbara do Oeste – Rua General Osório, 403, Centro – (19) 3455-2421
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Santa Cruz do Rio Pardo – Travessa Pedro Henrique De Oliveira, 02, Estação – (14) 3372-1001 / (14) 3372 4280
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Santa Fé do Sul – Rua Um, 960, 1º andar, Centro – (17) 3631-1053
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h30

 

Santana de Parnaíba – Rua Nicarágua, 07, Jardim São Luiz – (11) 4154-4157 / (11) 4154-4907
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

Santo André – Praça Ministro Salgado Filho, 674, Vila Guiomar – (11) 4432-2379
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

Santos – Rua Doutor Assis Corrêa, 50, Gonzaga – (13) 3232-1510
Funciona 24 horas

 

São Bernardo do Campo – Rua José Meza Mendonça, 40, Jardim do Mar – (11) 4368-2032 / (11) 4368-9980
Segunda à sexta-feira, 09h – 18h

 

São Carlos – Av. Trabalhador São Carlense, 1020, Parque Arnold Schimidt – (16) 3374-1345 / (16) 3307-6377
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

São Joaquim da Barra – Rua Minas Gerais, 1192, Centro – (16) 3811-0099
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

São José do Rio Pardo – Rua Julio de Mesquita, 14, Centro – (19) 3608-5201 / (19) 3608-5202 (ramal 4) / (19) 3608-7736
Segunda à sexta-feira, 08h30 – 18h

 

São José do Rio Preto – Rua Floriano Peixoto, 2880, Santos Dumont – (17) 3233-2910 / (17) 3231-3708 / (17) 3231-0023
Segunda à sexta-feira, 08h – 18h

 

São José dos Campos – Av. Comendador Vicente de Paula Penido, 234, Jardim Aquarius – (12) 3941-4140
Segunda à sexta-feira, 09h – 19h (cartório até 18h)

 

São Manuel – Avenida José Horácio Mellão, 19, Centro – (14)3841-6383 / (14) 3842-2789 (fax)
Segunda à sexta-feira, 08h- 18h

 

São Roque – Rua Quirino Capuzzo, s/n, Centro – (11) 4712-7000
Segunda à sexta-feira, 08h- 17h

 

São Sebastião – Rua Floriano Peixoto, 200, Vila Amélia – (12) 3893-1213
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h

 

São Vicente – Rua Djalma Dutra, 132, Centro – (13) 3467-3941
Segunda à sexta-feira, 09h- 19h

 

Serra Negra – Rua José Maria Franco de Godoy, 51, Vila Dirce – (19) 3892-2501 / (19) 3892-1155 / (19) 3892-3047
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h

 

Sertãozinho – Av. Pedro Strini, 269, Jardim América – (16) 3942-9937 / (16) 3945-0319
Segunda à sexta-feira, 08h- 18h

 

Sorocaba – Rua Caracas, 846 – Jardim América –  (15) 3232-1417
Funciona 24 horas

 

Sumaré – Rua Josias Pereira de Souza, 39, Vila Miranda – (19) 3873-3493
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h

 

Suzano – Rua Presidente Nereu Ramos, 320, Jardim Santa Helena – (11) 4748-8040
Segunda à sexta-feira, 09h- 19h

 

Taboão da Serra – Estrada das Olarias, 670, Jardim Guaciara – (11) 4138-3409 / (11) 4685-4268
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h

 

Taquaritinga – Rua Narciso Nuevo, s/nº, Centro – (16) 3252-3477
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h30

 

Tatuí – Praça da Bandeira, 53, Centro – (15) 3305-6619
Segunda à sexta-feira, 08h- 18h

 

Taubaté – Alameda Investigador José Leôncio Ramos, s/nº, Jardim Eulália – (12) 3621-5499
Segunda à sexta-feira, 09h- 19h

 

Tupã – Rua Mandaguaris, 876, Centro – (14) 3496-2555
Segunda à sexta-feira, 08h- 18h

 

Ubatuba – Rua Minas Gerais, 12, Centro – (12) 3832-5260
Segunda à sexta-feira, 08h- 12h / 14h – 19h

 

Valinhos – Av. Onze De Agosto, 2499, Parque das Nações – (19) 3869-3786
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h

 

Vargem Grande do Sul – Rua Bernardo Garcia, 389, Centro – (19) 3641-7542 / (19) 3641 1030 (delegacia de polícia)
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h

 

Várzea Paulista – Av. José Rabelo Portela, 417, Jardim Maria Fátima – 4606-1437
Funciona 24 horas (plantão)

 

Vinhedo – Av. da Saudade, s/nº, Jardim Alves Nogueira – (19) 3876-6631 / (19) 3876-6637
Segunda à sexta-feira, 09h- 18h

 

Votorantim – Rua Milton Novaes, 226, Jardim Icatu – (15) 3243-1894
Segunda à sexta-feira, 08h- 18h

 

Votuporanga – Rua Bahia, 3055, Centro – (17) 3421-7526 / (17) 3421-3300
Segunda à sexta-feira, 07h- 18h30

Ficou com dúvida? Clique aqui e mande uma mensagem de whatsapp para nossa equipe.