Chega de machismo na Alesp!

Pela cassação de mandato de Fernando Cury e Delegado Olim!

Eu não aceito misoginia! Fora Fernando Cury e Delegado Olim!

Nesta semana testemunhamos pela terceira vez um caso de violência contra as mulheres por parte de um deputado da Assembleia Legislativa de São Paulo.

O assédio que sofri, registrado pelas câmeras da Casa, se tornou motivo de deboche para o deputado Delegado Olim (PP). Em sua visão, meu assediador, o deputado Fernando Cury (União Brasil), seria “um cara do bem” que teria feito apenas uma “brincadeira”!

Delegado Olim faz parte do Conselho de Ética da Assembleia Legislativa que julgou meu caso, e foi justamente um dos responsáveis pela manobra política que resultou em uma punição mais leve para Fernando Cury.

Antes dele, o deputado Arthur do Val (União Brasil) havia alegado que mulheres ucranianas “são fáceis porque são pobres”. Além disso, fez apologia de turismo sexual ao afirmar que retornaria à Ucrânia com a intenção de se aproveitar de mulheres em situação de vulnerabilidade.

A violência e o ódio às mulheres não devem jamais ser normalizados e tolerados em nossa sociedade. Toda a mulher tem o DIREITO DE EXISTIR sem ser violentada, de estudar, trabalhar e fazer política sem ser abusada, essa é minha causa!

Por isso, os deputados Fernando Cury, Arthur do Val e Delegado Olim devem ser responsabilizados por seus atos com a cassação de seus mandatos e a perda de direitos políticos!

Vamos nos unir e reagir! Chega de machismo! Chega de assédio!

Veja a seguir a fala misógina do Delegado Olim